Primeira Corrida das Festas de Loures

Costumo dizer em tom de brincadeira que as autárquicas são as unicas eleições que se deviam realizar todos os anos: Os buracos nas estradas são arranjados, os jardins ficam mais compostos, as obras estrategicamente adiadas são feitas. E à boa maneira de Roma, há Pão e Circo.

E o que é que isto tem a ver com corrida? Nada!

Bom, tem alguma coisa. Vem a propósito da ultima prova em que participei – A Primeira Corrida das Festas de Loures.

Esta foi uma prova que se realizou precisamente há uma semana e como o nome indica fazia parte do programa das festas do Municipio.

Prova de 10Km (o relógio contou menos algumas centenas de metros), com percurso circular de duas voltas de 5Km a iniciar no Parque da Cidade, passando pelo Infantado, pelo centro de Loures e de regresso ao Parque.

Como todas as provas em circuito tem vantagens – a possibilidade de conhecer os troços e saber onde gerir – e desvantagens – o facto de se repetir o circuito causa algum desgaste a nivel psicológico quando pensamos “raios, já estou queimado e ainda faltam duas voltas destas…”.

Pessoalmente pelo facto de morar perto da prova consegui acumular a vantagem e a desvantagem numa mesma corrida. Santos da casa não fazem milagres.

A prova foi gratuita, com um abastecimento de água, oferta de T-Shirt técnica e abastecimento na meta com água, isotónico, melão, banana, melancia. E medalha! Excelente value for money. Espcialmente  quando o money foi ZERO.

Ah, ano de eleições. Maravilha. Senti que o meu IMI estava condensado em cada talhadinha de melão que era servida no final. Desfrutei, ainda assim.

O resultado? Pouco mais de 45 minutos de prova, 164 lugar, 28 lugar do escalão. Queriam melhor? Repito: Santos da Casa não fazem milagres.

Havendo prova para o próximo ano, lá estarei. Provavelmente já sem fruta nem isotónico.